May 30, 2011

PERU VENCE TÍTULO MUNDIAL DO QUIKSILVER ISA JUNIORS

Neste último sábado, numa recuperação das mais dramáticas por equipe registrada nestes mundiais, Peru, que estava na 5ª colocação no penúltimo dia, venceu o maior evento Junior de surf na história do esporte.

Após cinco anos de domínio da equipe da Austrália, o grupo local mostrou pela segunda vez consecutiva, em um evento da ISA, que o surf peruano é capaz de exceder os padrões mundiais.

Sete meses após vencer o ISA World Surfing Games 2010, os peruanos se mostraram oponentes de peso nas suas ondas. Surf de alto nível e conhecimento das ondas foram fundamentais para a vitória. Dos cinco surfistas que começaram o dia, quatro chegaram às finais das três categorias em jogo.

Colocação Final por Equipes:

Ouro: Peru
Prata: África do Sul
Bronze: Austrália
Cobre: Hawaii

O sétimo e último dia do evento foi realizado em Caballeros com ondas de 8 a 10 pés bem consistentes durante todo o dia.

França Vence a Categoria Feminina sub-18

Surfando contra talentosas surfistas da África do Sul e Austrália, o nível de surf da francesa Canelle Boulard brilhou na Feminino Sub-18. Seu backside estava forte e em sincronia com as ondas de Caballeros.

Boulard começou e finalizou bem com a pontuação de 13.86, deixando a sul-africana Bianca Buitendag, em segundo, e as australianas Nikki Van Dijk e Codie Klein, respectivamente em terceiro e quarto.

“Isto é incrível, eu não sei o que dizer e nem o que sentir!” disse Boulard. “Este é meu último ano nesta categoria. Eu havia tentado vencer antes e meu sonho finalmente se realizou! Não posso acreditar.”

Feminino Sub-18 – Resultados Finais

Ouro: Canelle Bulard (França)
Prata: Bianca Buitendag (África do Sul)
Bronze: Nikki Van Dijk (Austrália)
Cobre: Codie Klein (Austrália)

Toledo traz o Ouro de volta ao Brasil

Na categoria Sub-16 masculino, o brasileiro Felipe Toledo colocou fim às esperanças locais após voar alto novamente e virar o resultado no minuto final. Ele deixou o sul-africano Dylan Lightfoot em Segundo, e os peruanos Joaquín del Castillo e Juninho Urcia, em terceiro e quarto respectivamente.

Neste momento da competição, os 3º e 4º lugares dos peruanos, não eram um bom cenário para o que o time local almejava, mas a briga não tinha acabado. Um emocionado Toledo, com lágrimas nos olhos, disse “Eu estava sonhando com isso e consegui, é simplesmente inacreditável! Eu quero agradecer todo o time brasileiro, meu pai que me ensinou a surfar e todos que me deram apoio. Foi uma final duríssima, mas eu ganhei.”

Masculino Sub-16 – Resultados Finais

Ouro: Filipe Toledo (Brasil)
Prata: Dylan Lightfoot (África do Sul)
Bronze: Joaquín del Castillo (Peru)
Cobre: Juninho Urcia (Peru)

De Col Garante o Ouro Peruano

A final sub-18, assim como a maior parte do evento, foi dominada por Cristobal de Col do começo ao fim. Seu backside estava novamente em harmonia com as grandes ondas de Caballeros. De Col venceu o campeonato com excelentes manobras nos momentos certos, como parte de seu “power surfing”. Sua vitória assegurou a medalha de ouro ao time peruano.

“O Ouro é peruano!”, disse de Col. “Muitas pessoas vieram me dizer que este campeonato era meu e eu senti isso por dentro, e até sonhei com esse momento, e agora aqui estou eu. Eu surfei por toda minha vida, essa é a minha fonte de alegria e sei que é apenas o começo de tudo. Este Ouro é histórico para o meu país e estou feliz pelo trabalho de equipe que nós mostramos nos últimos dias.”

Masculino Sub-18 – Resultados Finais

Ouro: Cristobal de Col (Peru)
Prata: Vasco Ribeiro (Portugal)
Bronze: Davey Brand (África do Sul)
Cobre: Miguel Tudela (Peru)

Cerimônia de Encerramento

Assim que o surf acabou, aconteceu a cerimônia de encerramento. O Diretor Geral da ISA, Bob Mignogna, leu uma mensagem do Presidente da ISA, Fernando Aguerre, que teve que partir antes para Califórnia por motivos familiares. “Nós tivemos o maior número de surfistas Juniors de todo o mundo na história,” ele disse. “Nós tivemos as ondas mais fortes e consistentes. Tivemos a maior audiência na história, com mais de 100% de internautas assistindo do que o ano anterior. E os organizadores que trabalharam junto com a ISA realizaram um evento impecável.”

Aguerre adicionou: “A ISA pertence a todos aqui presentes hoje, mas também a todos os milhões de surfistas ao redor do mundo que são a sólida fundação da ISA, e as suas famílias e amigos. Estamos trabalhando juntos por um futuro melhor ao surf, e este evento é a confirmação que estamos no caminho certo. O Quiksilver ISA World Junior Surfing Championship é o único e verdadeiro evento que reúne surfistas dos cinco continentes,” finaliza Aguerre.

Os resultados finais por equipes foram mantidos em segredo até a Cerimônia de Encerramento. Quando anunciaram que o troféu permaneceria no Peru, o público foi à loucura, assim como todos os integrantes da equipe.

Agora o Peru foi adicionado à lista das nações campeãs do Quiksilver ISA World Junior Surfing:

2003 – Durban – Ouro: Brasil
2004 – Papenoo – Ouro: Austrália
2005 – Huntington Beach – Ouro: Havaí
2006 – Maresias – Ouro: Austrália
2007 – Costa de Caparica – Ouro: Austrália
2008 – Seignosse – Ouro: Austrália
2009 – Salinas – Ouro: Austrália
2010 – Auckland – Ouro: Austrália
2011 – Punta Hermosa – Ouro: Peru

Resultados Finais por Equipes

1. Peru
2. África do Sul
3. Austrália
4. Hawaii
5. EUA
6. França
7. Brasil
8. Portugal
9. Tahiti
10. Nova Zelândia
11. Reino Unido
12. Costa Rica
13. Japão
14. Argentina
15. Barbados
16. Equador
17. México
18. Venezuela
19. Chile
20. Alemanha
21. Irlanda
22. Porto Rico
23. Uruguai
24. Jamaica
25. Itália
26. Guatemala
27. Marrocos

Comments